#SuasPorDireitos Conselhos Municipais, Estaduais, Instituições e várias instâncias da Assistência Social aderiram a hashtag Suas Por Direitos

 

19400622_806840116137558_9067711322345406001_o#SuasPorDireitos Conselhos Municipais, Estaduais, Instituições e várias instâncias da Assistência Social aderiram a hashtag Suas Por Direitos depois do seu lançamento.Se você está realizando ou vai realizar sua conferência de Assistência Social ou outro evento use esse hashtag. No mural estão vários municípios, que já realizaram suas Conferências e estão se mobilizando para o processo conferencial 2017 e utilizaram a #SuasPorDireitos, como o CMAS de Belém e de Rondinha/RS. Uma estratégia para unir forças e integrar todos os acontecimentos referente a Conferência de Assistência Social.

Conselho Nacional de Assistência Social lança hashtag #SuasPorDireitos

hastag33.png

Conselho Nacional de Assistência Social lança hashtag #SuasPorDireitos
 
Após a divulgação das principais orientações necessárias às realização das conferências municipais e estaduais, colegiado pretende agora ampliar a mobilização pela internet
 
            O Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS lançou ontem (19/06), no Encontro Nacional do Colegiado de Gestores Municipais, a hashtag#SuasPorDireitos. A hashtag é uma ferramenta da internet que possibilita, por meio da marcação com o # antes de qualquer termo, unir internautas em torno de um conteúdo ou de um tema.
 
        “A hashtag #SuasPorDireitos traduz em poucos caracteres o tema central da 11ª Conferência Nacional de Assistência Social, o da Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS. Precisamos fazer a defesa do SUAS também no território virtual”, afirmou o Presidente do CNAS, Fábio Bruni.
 
    ​As publicações de textos e de fotos realizadas em modo público com a marcação #SuasPorDireitos poderão ser visualizadas por participantes de conferências ou de eventos preparatórios de outros municípios.
 
Além da hashtag, o CNAS adiantou que serão divulgados ao longo da semana vídeos com o conteúdo da 11ª Conferência. A iniciativa é inédita e trará, em linguagem objetiva e clara, pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA tratando sobre cada um dos eixos das Conferências de Assistência Social de 2017.
 
As gravações são curtas, com cerca de cinco minutos cada, o que facilitará seu uso e divulgação pelos Conselhos Municipais, Estaduais, do Distrito Federal, além de todos os participantes das Conferências e interessados.
    
    “Decidimos fazer esses vídeos  para que, além do material escrito já disponibilizado nos Informes, a informação qualificada chegue ao maior número de pessoas também por meio audiovisual. Estamos providenciando a tradução de LIBRAS para garantir acessibilidade também às pessoas surdas”, explica Fábio.
 
    A expectativa é que os vídeo sejam apresentados na reunião Plenária do CNAS, que ocorre dias 21 e ​22 e, logo após, sejam disponibilizados no Canal do CNAS na internet (www.youtube.com/conselhocnas).
image
Presidente Fábio Bruni lançou a hashtag SuasPorDireitos no Encontro Nacional do CONGEMAS.

CNAS divulga orientação aos Estados sobre o processo conferencial 2017

CNAS divulga orientação aos Estados sobre o processo conferencial 2017

 

Orientações para os Conselhos Estaduais de Assistência Social – CEAS foram divulgadas pelo Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS. O documento denominado Informe CNAS nº 4/2017 servirá de parâmetros para a condução dos trabalhos pelos CEAS no processo de realização de suas Conferências que acontecerão no período de dia 12 de agosto a 20 de outubro de 2017, conforme Resolução do CNAS nº 23/2016.

           O Informe nº 4 está sendo publicizado para os CEAS com dois meses de antecedência em relação ao início de realização das Conferências Estaduais e do Distrito Federal, que começam em agosto. O conteúdo do Informe versa sobre Garantia de direitos no fortalecimento do SUAS e os quatro eixos organizam os debates nas Conferências estaduais. Há ainda o detalhamento dos eixos, composto de ementa, argumentos e desafios está sendo apresentado pelo CNAS aos Estados durante as Reuniões Regionais do CNAS que iniciaram em maio e vão até julho.

 

“É importante compreender o processo conferencial como um todo. Por isso, o CNAS investiu para que todas as orientações cheguem aos Estados, assim como foi com os municípios. O objetivo foi  trabalhar esse material nas reuniões regionais, em oficinas específicas sobre a organização das conferências, o trabalho de agregação das deliberações advindas dos municípios, entre outros. Esperamos que o material seja útil para qualificar o debate da Garantia de Direitos no SUAS, explicou Fábio Bruni, presidente do CNAS.

 Confira o Informe 4 – e todos os informe anteriores  – no site do Conselho ou no link  (http://www.mds.gov.br/cnas/conferencias-nacionais/11-conferencia-nacional)

CNAS e CONANDA aprova resolução conjunta com diretrizes para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de rua

WhatsApp Image 2017-06-08 at 18.31.21.jpeg

CNAS e CONANDA aprova resolução conjunta com diretrizes para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de rua

O presidente do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS, Fábio Bruni, esteve presente hoje (08/06) na 262ª Assembleia Ordinária do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA e assinou a Resolução conjunta que estabelece as Diretrizes Políticas e Metodológicas para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de rua no âmbito da Política de Assistência Social, juntamente com  a presidente do CONANDA, Cláudia de Freitas. O texto da resolução foi aprovado pelo CNAS, na sua 254ª Reunião Ordinária realizada este mês.

O documento é fruto de um amplo debate que começou com a consulta pública realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social em 29 de dezembro e foi até o dia 10 de março de 2017, a partir de então, ocorrerem várias reuniões entre os dois Conselhos até a aprovação da Resolução.

A Resolução é considera importante para a garantia e efetividade dos direitos das crianças e adolescentes  e sua proteção integral. “ O assunto se vincula diretamente ao tema das Conferências de Assistência Social  de 2017 que é “A garantia de direitos no Fortalecimento do SUAS”, a aproximação do Conselho Nacional de Assistência Social com os Conselhos de Defesa de Direitos  é relevante para o tema da Conferência  e traz muitos avanços no Sistema Único da Assistência Social”. Afirmou o presidente do CNAS, Fábio Bruni.

Em breve o texto será publicado no Diário Oficial da União – D.O.U como Resolução conjunta do CNAS e CONANDA .