Usuários participarão da IX Conferência Nacional de Assistência Social

A IX Conferência Nacional de Assistência Social, que se realiza em Brasília de 16 a 19 de dezembro, contará com 319 representantes dos usuários do Suas – Sistema Único de Assistência Social – como delegados.

São considerados representantes de usuários, pessoas vinculadas aos programas, projetos, serviços e benefícios da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), organizadas sob diversas formas, em grupos que têm como objetivo a luta por direitos .

As organizações representadas podem ser associações, movimentos sociais, fóruns, redes ou outras denominações, sob diferentes formas de constituição jurídica, política ou social. Se elas estiverem em uma organização juridicamente constituída, essa deve ter como objetivo, em seu estatuto, a defesa dos direitos de indivíduos e grupos vinculados à PNAS. Mas os delegados representantes de usuários podem também ser aqueles que participam regularmente de serviços, programas e atividades desenvolvidas nos CRAS ou em outras unidades de execução da Política de Assistência Social, como por exemplo, grupos de beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada, famílias de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, entre outros.

A participação dos usuários permite saber o que acontece na ponta do sistema”, enfatiza a presidente do CNAS, Luziele Tapajós. Ela chama a atenção para o fato de que “a finalidade de uma conferência é conferir e avaliar o que está sendo realizado e propor novas medidas para melhorar o atendimento das necessidades e direitos dos usuários”

Dessa forma, o CNAS entende que é a população que deve decidir, de forma autônoma, sobre suas necessidades e interesses para atuar como sujeito de transformação, rompendo com os processos de exclusão social. “Este é o ponto de partida da assistência social comprometida com a participação popular e com um projeto de uma nova sociedade mais democrática, justa e solidária”.

Anúncios