Pessoas com deficiência terão atendimento prioritário na IX Conferência Nacional de Assistência Social

A IX Conferência Nacional de Assistência Social garantirá atendimento diferenciado e prioritário a seus participantes com deficiência física, auditiva, visual, mental e múltipla ou pessoas com mobilidade reduzida.

Dessa forma, o espaço da conferência oferecerá assentos de uso preferencial, sinalizados, espaços e instalações acessíveis, mobiliário de recepção e atendimento obrigatoriamente adaptado à altura, ao peso e/ou à condição de pessoas em cadeira de rodas; serviços de atendimento para pessoas com deficiência auditiva; pessoal capacitado para prestar atendimento às pessoas com deficiência física, visual, mental e múltipla, bem como às pessoas idosas; entre outras facilidades.

Será autorizada a entrada e permanência de cão-guia para pessoa com deficiência.

O local do evento estará livre de qualquer barreira que impeça ou dificulte o acesso ou a circulação de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida e haverá banheiro, telefone e computador, na bancada, acessíveis a cadeirantes. Haverá, ainda, telefones especiais para surdos (TDD e aparelho com amplificação sonora).

Na bancada de computadores à disposição dos participantes, haverá equipamento com programa leitor de tela, programa de interpretação de Libras, serviços de impressão em braile, texto ampliado, áudio descrição, áudio livro, bem como meios eletrônicos que permitam o acompanhamento das plenárias por meio de legendas, projetadas em tela e em tempo real.

A programação, o regimento interno, e o regulamento serão impressos em texto ampliado, em braile e áudio livro.

Anúncios