CNAS é escolhido para trocar experiências com delegação Moçambicana da área da Assistência Social.

CNAS é escolhido para trocar experiências com delegação Moçambicana da área da Assistência Social.

image1cnas.jpeg

O Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS recebeu a visita da delegação de Moçambique nesta segunda feira (24/04), com cerca de 10 pessoas, entre elas, representantes da Sociedade Civil, do Governo, representantes da Organização Internacional do Trabalho – OIT e jornalistas. Eles trocaram experiências com os Conselheiros do colegiado, representantes da sociedade civil, do governo e com a Secretaria Executiva do CNAS sobre a Política Nacional de Assistência Social, a estrutura e funcionamento do CNAS.

De acordo com consultora da OIT, Ana Carolina Vieira,  a visita da delegação ao Conselho Nacional de Assistência Social serviu para conhecer o papel da Sociedade Civil na Proteção Social. “O CNAS foi escolhido porque eles querem saber como ele funciona, suas conquistas em ser um Conselho Paritário. Em Moçambique eles têm um recente Conselho Nacional de Ação Social, então querem saber como a Sociedade Civil se mobiliza e qual é o seu papel, para levarem essas sugestões para o país deles”. Afirma Carolina.

Os representantes do Governo e da Sociedade Civil de Moçambique afirmaram que o Brasil é um exemplo para o mundo quando se fala em Proteção Social, eles ficaram impressionados com o trabalho do CNAS. “No CNAS a Sociedade Civil é ouvida, são construídas orientações em conjunto com o Beneficiário, aqui todos têm voz, eles têm autonomia. Com certeza vamos levar para Moçambique ótimas experiências que tivemos”.  Afirma Luisa Cumba, Diretora do Instituto Nacional de Ação Social de Moçambique.

Já Sérgio Falange lembra que o país está passando por um processo que provavelmente o Brasil já vivenciou. “A Sociedade Civil deste país com certeza já passou por diversos desafios, em Moçambique temos uma Sociedade Civil nova que está se organizando agora, esse diálogo com o CNAS é importante para definirmos o caminho que podemos trilhar para superar os desafios”.  Conta Falange, representante da Sociedade Civil da Plataforma da Sociedade Civil para Proteção Social de Moçambique.

A visita foi elogiada pelos Conselheiros Nacionais que consideram importante a interlocução com outro país. “Desejo que essa discussão não fique só aqui, o direito à Assistência Social deve estar em todos os países. Temos muitos acertos no Brasil, mas muitas coisas para melhorar, com discussões em conjunto podemos avançar.” Finalizou a Conselheira Elisa Maciel.

A delegação ficará no Brasil durante toda semana e fará outras visitas em equipamentos da Assistência Social e órgãos da área para conhecer como os serviços são executados e oferecidos na área da Assistência Social.

Veja matéria completa no site do CNAS. http://www.mds.gov.br/…/cnas-e-escolhido-para-trocar-experi…

Anúncios