Oficinas são realizadas na Reunião Descentralizada e Ampliada do CNAS

Cinco oficinas foram realizadas no segundo dia da Reunião Descentralizada e Ampliada do Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS no Rio Grande do Sul. No período da manhã os participantes se dividirem entre as cinco oficinas ministradas simultaneamente. A tarde foi o momento de debate no auditório principal conduzido pela Vice-presidente Rosângela Santos.

Os temas tratados nas oficinas foram: Oficinas 1: “Processo de inscrição das entidades nos Conselhos de Assistência Social: ” Desafios ao Reconhecimento das Entidades Prestadoras de Serviços e de Assessoramento, Defesa e Garantia de Direitos no SUAS” Oficina 2: “Execução Orçamentária e Financeira com vistas ao Controle Social” Oficina 3: “Desafios da questão de Gênero, Raça e Etnia na Política de Assistência Social” Oficina 4: “Apontamentos dos Conselhos de Assistência Social para a Efetividade do Fortalecimento do Controle Social” Oficina 5: “Responsabilidade dos Entes Federativos com o Controle Social”.

Com dois dias de programação a Reunião Descentralizada finalizou hoje, 23/05,  a presidente do CNAS, Maira Almeida, afirmou a relevância desse momento. “As Descentralizadas são espaços democráticos importantes de debate e fortalecimento do Controle Social nos âmbitos dos Estados e municípios.  Com o tema “Gestão democrática e o controle social no SUAS”, que também norteou o ciclo de reuniões regionais, trouxe para a o debate o diagnóstico participativo de todas as regiões do país e nessa reunião descentralizada em Porto Alegre foram tiradas diretrizes para nortear o Plano de Ação da nova Gestão do CNAS.

                Todas as apresentações realizadas na RDA em breve serão divulgadas pelo CNAS no site: www.mds.gov.br/cnas

 

Anúncios